Opel Frontera

desde 1992 lançamento

Reparo e operação do carro



Opel Frontera
+ Carros da marca de Opel Frontera
+ Partida atual e serviço
+ Motor
+ Esfriamento de sistema e aquecimento
+ Sistema de provisão de poder e lançamento
+ Equipamento elétrico de motor
+ União
+ Caixa manual de deslocamento de engrenagem
+ Eixos motores, transferência principal
+ Sistema de freios
- Suporte de forma triangular de interrupção e direção
   + Suporte de forma triangular de interrupção de rodas avançadas e ponte avançada
   + Suporte de forma triangular de interrupção de rodas traseiras e ponte traseira
   - Direção com o foguete auxiliar hidráulico
      Teste e trabalhos ajustam em direção
      Trabalhos no passeio de direção
      Dirigir roda e dirigir coluna
      Direção de mecanismo
      Bomba do foguete auxiliar hidráulico
      Almofada de segurança
+ Corpo
+ Equipamento elétrico de bordo
+ Administrações e operação
+ Esquemas de equipamento elétrico


1d6eaafb



Bomba do foguete auxiliar hidráulico

INFORMAÇÃO GERAL

Aqui também é necessário tomar o ano do lançamento do carro como dependendo dele os trabalhos têm algumas diferenças em conta. A distinção define-se na maioria dos casos pelo tipo do motor instalado.

REMOÇÃO E INSTALAÇÃO DA BOMBA

Motor de 2.0 l (C20 NE)

Estes motores instalaram-se ao meio de 1995 do lançamento.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Tire o bordo um cinto de passeio de bomba como se descreve abaixo.
2. Desconecte a mangueira de infiltração e o oleoduto de cabeça de pressão da bomba.
3. Reúna o seguinte líquido. A mangueira fixa-se por um colarinho, o oleoduto uma noz de gorro. As acessões mostram-se em uma ilustração.
4. Aberturas fechadas.
5. Agora é possível apagar pinos da fixação e retirar a bomba do consolo.

6. Se for necessário para ityit ustan a nova bomba, apague ao mesmo tempo um pino de união e retire uma chapa rotativa desde que se reajusta na nova bomba.

7. Aperte pinos da fixação de uma chapa rotativa o momento de 25 nanômetros.
8. A bomba com o consolo e um pino de união instala-se. Verifique o bordo um cinto, ponha-o e ajuste uma tensão como se descreve abaixo. Aperte um pino de união e os pinos da fixação do consolo o momento de 25 nanômetros.
9. Estabeleça uma mangueira de provisão líquida com um novo colarinho e o oleoduto de cabeça de pressão.
10. Parafuse e aperte uma noz de gorro o momento de 20 nanômetros.
11. Depois da reunião preenchem o líquido no sistema e retiram o ar como se descreve em cima.
12. Sistema de controle de tensão.

Motor de 2.4 l

Este motor instala-se em carros ao meio de 1995 do lançamento.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Na presença do condicionador tiram o bordo um cinto de passeio de compressor.
2. Tire o bordo um cinto do passeio da bomba do foguete auxiliar hidráulico como se descreve abaixo.
3. Desconecte a infiltração e oleodutos de cabeça de pressão da bomba.
4. Reúna o seguinte líquido. Tape aberturas abertas com gorros.
5. Agora é possível apagar pinos da fixação e retirar a bomba do consolo.
  6. Desconecte a bomba segundo uma ilustração. Com esta finalidade apague um pino de união e os pinos da fixação do consolo de reunião.
7. Se a bomba tem de substituir-se, desconectar uma chapa rotativa e anexá-la à nova bomba.
8. Aperte pinos de fixar o momento de 25 nanômetros.

A bomba na sequência, o regresso à remoção instala-se.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Aperte pinos da fixação da bomba o momento de 25 nanômetros.
2. Observe as instruções dadas em cima para a bomba do motor de 2.0 l.

O motor de 2.0 l, lance do meio de 1995 e o motor de 2.2 l

Ambos os motores instalam-se em carros da segunda geração, isto é em motores OHC de 2.0 l e DOHC de 2.2 l. Tenha em mente que no carro com o condicionador a bomba é abaixo do gerador.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Enfraqueça uma tensão de cinto como se descreve no Dvigatel. Dianteiro de ambos os motores. Não esqueça de pôr a marcação da direção da rotação de um cinto na sua superfície externa.
2. Desconecte a cabeça de pressão e oleodutos de infiltração da bomba.
3. Reúna o seguinte líquido. Tape oleodutos abertos.
4. Apague os pinos 1, 2, 3 e 4 mostrados em uma ilustração.
5. A forma longe o portador para cima e tira a bomba.

A bomba na sequência, o regresso à remoção instala-se. Observe os momentos seguintes de uma inalação:

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Ponha o bordo um cinto como se descreve ao Chefe Dvigatel
2. Preencha o líquido no sistema e retire o ar (ver a descrição na Seção 13).

SUBSTITUIÇÃO DO CINTO DE BORDO DO PASSEIO DA BOMBA DO FOGUETE AUXILIAR HIDRÁULICO

Em carros do bordo de nova geração os atos de cinto e posto segundo as instruções proveram na Seção 3 do Capítulo 3. Pertence tanto ao motor OHC, como ao motor DOHC. O seguinte em baixo da instrução pertence a motores do lançamento mais adiantado.

Motores de 2.0 l ao meio de 1995 de lançamento

É necessário lembrar que em oficinas de reparos de auto usam o dispositivo especial ao cheque de uma tensão de um cinto. O cheque de uma tensão de um cinto descrito abaixo deve considerar-se temporário. Recomenda-se verificar uma tensão de cinto na oficina de reparos de auto depois.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. A fixação de pinos que têm de enfraquecer-se para uma tensão de cinto indica-se na ilustração (A) e (em). No início é necessário enfraquecer ambos os pinos (A) e apagar pinos (V) na parte mais baixa da bomba.
2. Agora tanto nozes à direita como na esquerda o dispositivo de tensão regula-se para que o cinto então se enfraquecesse atua.
3. Posto novo bordo um cinto e puxão ele rotação de nozes na esquerda e para a direita de um elemento de tensão. O cinto estende-se para que a sua deflexão sob a prensagem de um dedo de uma mão entre duas roldanas fizesse 12 - 13 mm.
4. Depois da realização do ajuste apertam nozes do dispositivo de tensão o momento de 25 nanômetros. Aperte outros pinos o momento de 25 nanômetros.

 

Motores de 2.4 l (ao meio de 1995 de lançamento)

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Nestes pinos de motores de uma tensão de um bordo um cinto estão no lugar mostrado em uma ilustração.
2. Na presença do condicionador é anteriormente necessário tirar um cinto de passeio de compressor.
Aqui também o controle de uma tensão se exerce por meio da adaptação especial.
3. Enfraqueça os pinos de tensão (A) e pinos (V) mostrado em uma ilustração. Enfraqueça tanto nozes nos lugares mostrados por armas de fogo para que o cinto enfraquecido como o tire.
4. Ponha um novo cinto e puxe-o o ajuste das nozes mostradas por uma flecha para que a deflexão de cinto sob a prensagem de um dedo de uma mão entre duas roldanas fizesse 12 - 13 mm.
5. Aperte nozes de ajuste o momento de 40 nanômetros, os pinos da fixação da bomba o momento de 25 nanômetros.